Homem de Pequim e olhos puxados

Como prometido, vim escrever sobre o homem de Pequim. A arqueologia chinesa tem algumas peculiaridades, como a existência de  espécies humanas que poderiam ter habitado a região, ou a área do País, há aproximadamente 1,7milhões de anos, ou seja, bem antes do aparecimento do Homo Sapiens (de onde advém o homem moderno: leia-se nós LoL)

Entretanto não para por ai. A audácia paleontológica chinesa , que vem de uma teoria local, diz que a “raça” (não gosto deste termo, por isso as aspas, maaaas vamos usa-lo) chinesa teria se originado não por um ancestral comum africano, mas sim por um hominídeo chamado de “o homem de Pequim”. Ele seria a verdadeira origem do povo chinês, entrando, nesse momento, numa confusão entre o nacionalismo e a ciência.Isto deve-se devido ao fato de que um das suas repercussões é afirmar a singularidade da “raça” chinesa.

Busto do homem de Pequim

Busto do homem de Pequim

Agora porque vocês acham que os asiáticos, como um todo, possuem os famosos olhinhos puxados? Então, isso é resultado de uma anatomia diferente na “raça” amarela, ou seja, a diferença dos olhos deles é consequência da evolução natural dos povos da região do norte asiático há +/- 10mil anos. E,por ser uma região de temperaturas muito baixas e intensa luminosidade, que era provocada pelo reflexo do sol na neve, levava a população a ter diversos problemas de visão, logo os indivíduos que tivesse a fenda das pálpebras menor e menor exposição a esta luminosidade, enfrentaria melhor este ambiente. Por consequência, com o passar dos anos, os indivíduos que tinham os olhos puxados, levou a um processo de seleção natural que Darwin explica. olhos puxados

E, para finalizar, vocês não notam que há uma semelhança entre as características físicas dos orientais com algumas tribos indígenas de ameríndios? Então há a teoria de que os índios tem descendência de povos asiáticos por terem conseguido passar  de um continente ao outro através do Estreito de Bering, que, durante as eras glaciais, tornava-se visível e conectava os atuais territórios da Sibéria e Alaska. Por isso vocês podem notar que os índios tem os “olhos puxados” e o cabelo liso e preto, igual aos da população oriunda do leste asiático.

Diversidade indígena.

Diversidade indígena.

Crianças indígenas

Crianças indígenas

O mito de criação da Terra e do Homem para os Chineses

 

  Todos sabem, ou a maior parte, sobre o mito de criação da Terra e do homem. Também, a maioria sabe sobre as teorias do Big-Bang. Entretanto o que eu vou trazer hoje conta um pouco sobre o mito chinês sobre a criação do mundo e do homem.

Mitologia chinesa

Pangu – mitologia chinesa

 

   Na mitologia chinesa, há milhares e milhares de anos o Universo era uma bola (sim uma bola) preta imersa em caos, onde vivi Pangu, que seria uma especie de primeiro ancestral da “civilização humana”. Após 18 mil anos adormecido Pangu acorda, sentindo-se sufocado pela escuridão, ele usa o seu machado e quebra o ovo em que vivia ao meio, nisso da-se a origem ao céu e a terra. Novamente milhares e milhares de anos passam e Pangu morre. O seu olho esquerdo nasce o Sol e do seu olho direito a Lua. Seu corpo e membros transforma-se em montanhas, seu sangue em água, os músculos viram as terras férteis, suas veias viram estradas, o cabelo e a barba viram estrelas, sua medula e dentes transforma-se em metais e pérolas, e o seu suor transformou-se em chuva.

Nuwa - Deusa que criou os animais e os homens

Nuwa – Deusa que criou os animais e os homens

Resumo da opera, Pangu separa o céu e a terra, dando origem as belezas naturais do mundo. Entretanto quem dá origem ao homem é a deusa Nuwa, que por se sentir sozinha no mundo, resolve criar os animais e os homens, feito de barro, posteriormente junta à mulher para que possam reproduzir. Aqui vale ressaltar que o mito de criação do homem é semelhante ao mito de criação do homem cristão.
Posteriormente eu vou falar sobre o “homem de Pequim” e o porque deles terem os olhinhos puxados.