Plano Marshall 14 de março de 1948

EUA vs URSSO Plano Marshall, primeiramente, deve ser entendido como um plano que está inserido entre o contexto do final da II Guerra Mundial e a Guerra Fria. Porque? Porque, como todos sabemos, a II Guerra Mundial deixou diversos países europeus destruídos ( principalmente a Alemanha), necessitando  então, de investimento financeiro para a reconstrução destes países. E no contexto histórico da Guerra Fria porque este plano foi uma forma, entre tantas, de fortalecer o capitalismo e hegemonia dos Estados Unidos ( que são o país que saiu mais vitoriosos desta guerra), em detrimento da URSS, que possuía uma economia comunista.

Portanto, dentro deste período pós – guerra (segunda guerra) foi criado o Plano Marshall, nos EUA, pelo então secretario e Estado George Marshall, que tinha como principal objetivo possibilitar a reconstrução dos países capitalistas, tal como Reino Unidos, França e Inglaterra. O plano Marshall foi elaborado numa conferência em julho de 1947 e finalmente aprovado em 14 de março de 1948. Teve uma vigência de quatro anos fiscais a partir do verão desse ano e, durante este período, os estados europeus que entraram no plano receberam um total de 13 bilhões de dólares da época.

Os principais objetivos do plano eram: 

  • Possibilitar a reconstrução material dos países capitalistas destruídos na Segunda Guerra Mundial (exceto a Alemanha oriental, que era controlada pela URSS);
  •  Recuperar e reorganizar a economia dos países capitalistas, aumentando o vínculo deles com os EUA, principalmente através das relações comerciais;
  •  Fazer frente aos avanços do socialismo presente, principalmente, no leste europeu e comandado pela extinta União Soviética (URSS).

Um vez que atingiu-se as metas do plano, a economia de todos os países que participaram   atingiram um crescimento e uma prosperidade sem precedentes, superando os níveis antes da Guerra. Os EUA também ganharam, pois conseguiram aumentar o nível de exportações para a Europa Ocidental, alem, é claro, de expandir a sua influencia sobre a região. Com os países capitalistas fortalecidos ( e em ampla expansão economia) ficará fácil fazer frente a URSS e ao seu regime comunista, principalmente na Guerra Fria. E, para finalizar, o Plano Marshall também é visto como um dos elementos que incentivou a unificação europeia, pois eliminou as tarifas e criou instituições para coordenar a economia no âmbito europeu.

Anúncios

Deixe um comentário, sugestão, critíca, elogio. Ou, simplesmente, um post que gostaria de ver nesta página! Obrigado pela atenção...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s